Álvaro

Alves
de Faria

MENU ROLANTE:

siga as setas 

setas

Seus livros são terríveis documentos de nosso tempo: documentos, não documentários. A vida recriada pelo ficcionista e poeta poderoso que é Álvaro Alves de Faria, espelha a realidade cruel, monstruosa de nossos dias infames, de um tempo maldito.
Alguns jovens escritores têm trabalhado esse tema com grande talento e força, resultantes de uma experiência vivida nacionalmente. Ninguém o fez melhor do que este autor em seus livros duros e pungentes, de um verdadeiro escritor na medida do seu tempo.
Devo observar que entre suas obras há um crescimento de ficcionista, um amadurecimento. Sua prosa faz-se rica, a invenção sobre a realidade é mais profunda e densa. A hora da violência é idêntica na obra deste autor, testemunha que presta um depoimento grave e também belo.
Quase posso dizer que voltei a mim, das trevas do medo, da ameaça e do terror, com a leitura de seus poemas. Nesta poesia, encontrei a respiração quando chegava da asfixia e da morte.

Jorge Amado

You are viewing the text version of this site.

To view the full version please install the Adobe Flash Player and ensure your web browser has JavaScript enabled.

Need help? check the requirements page.


Get Flash Player