Poeta

Álvaro

Alves

de Faria

Blog do POETA POETA na JP Online LBSKv8E

Canal do Poeta

tic-tac-tic-tac-tic-tac-tic-tac

 

Os pêssegos revelam:

 

                              os anjos aromáticos

                              a polpa dos sexos

                              os frutos em alfombra

 

a pelugem

a fêmea em maciez

 

Não há Tempo

Não há relógios

somente desassossegos

nas pelejadas horas

 

tic-tac-tic-tac-tic-tac-tic-tac

 

Medita o poeta

a confiar em profetas:

 

a ordenação suprema

de ser caminho

graça e couraça

em teus olhos

de grega máscara

 

Pássara! Pássara!

tic-tac-tic-tac-tic-tac-tic-tac

as horas o Tempo os relógios

e os pêssegos denunciados

na aurora confessa de Deus

O QUARTO MOVIMENTO: RELÓGIO PARA ÁLVARO ALVES DE FARIA

Alvaro 2014

de Diego Mendes Sousa

Crítica 7

Crítica 6 Crítica 8