Fotos

Álvaro

Alves
de Faria

ÁLBUM AFETIVO

A PINTURA DE FERNANDA RODANTE

Participei, com muita honra, ao lado de outros poetas, da exposição da artista plástica Fernanda Rodante, no Espaço Cultural do Conjunto Nacional, sob o tema “Bandeiras”. Uma beleza. Dezesseis telas e oito desenhos em homenagem àquele dia que antes existia e que não existe mais, o Dia da Bandeira. Os poetas, como Paulo Bomfim, Zuleika dos Reis, Raquel Naveira e outros, participaram escrevendo sobre o tema. A mim coube a tela “Mulheres e minorias”. Meu texto-poema foi o seguinte: “Assim, a palavra que para na boca como param as aves no vôo interceptado/ os que estão à margem, os que perderam a voz/ os que calaram o aceno./ Assim este desvendar a vida, com um grito na garganta/ tão profundo grito que corta a paisagem com uma faca./ Assim, os esquecidos, os que clamam/ os que estão com as mãos erguidas com direito de viver”.

MENU ROLANTE:

siga as setas 

setas

O POETA NA CASA DAS ROSAS EM SÃO PAULO

  O poeta Álvaro Alves de Faria participou das 50ª edição da "Quinta Poética", realizada na Casa das Rosas, comerando o 18º aniversário da Escrituras Editora de São Paulo. Anfitrião Raimundo Gadelha, apresentação de Ferederico Barbosa e José Geraldo Guedes. O poeta leu dois poemas na ocasião: "37 anos" e "Aquele homem".

TCRM leitura de O sermão do viaduto no CorujÃ

O SERMÃO DO VIADUTO

A poeta Thereza Christina Rocque da Motta lê poemas de "O sermão do Viaduto", do poeta Álvaro Alves de Faria, lançado nos anos 60, em pleno Viaduto do Chá em São Paulo e depois proibido pelo Dops. Foram 9 leituras do autor no local e 5 prisões. O Sermão deu início ao movimento de recitais públicos nas ruas e praças de São Paulo. O livro teve muitas edições clandestinas. Thereza Christina leu poemas de O Sermão no programa "Corujão de Poesia", no Cine Joia, em Copacabana, Rio de Janeiro, organizado por João Luiz de Souza, dentro da programação cultural da Universo - Universidade Salgado de Oliveira.

POETA ESPANHOLA MONTSERRAT VILLAR GONZÁLEZ FAZ PALESTRA SOBRE ÁLVARO ALVES DE FARIA EM COIMBRA

A poeta espanhola Montserrat Villar González realizou, em fevereiro de 2017, conferência sobre a poesia do poeta brasileiro Álvaro Alves de Faria. Montserrat já traduziu vários livros do poeta para o espanhol. A palestra foi realizada na Casa da Escrita, em Coimbra, Portugal, com a presença de vários poetas e escritores e admiradores de Literatura. Montse faz Mestrado em Letras na Universidade de Coimbra sobre a poesia e a tradução do poeta brasileiro, com orientação da ensaísta e professora da Universidade Graça Capinha. Nas fotos, Montserrat, grupo de pessoas presentes e o poeta português João Rasteiro, de Coimbra, ao lado de Montserrat, com os livros da Álvaro Alves de Faria que foram discutidos no evento.

O Poeta

You are viewing the text version of this site.

To view the full version please install the Adobe Flash Player and ensure your web browser has JavaScript enabled.

Need help? check the requirements page.


Get Flash Player